sábado, 23 de agosto de 2008

AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Estava passando pelo blog da Andréa, e vi um recadinho sobre o AVC e resolvi postar aqui , o pai dela está se recuperando , espero que fique bom logo, e conheço algumas pessoas que já operaram, acho que hoje em dia infelizmente ninguém está imune a isso, e sempre é muito importante reconhecermos os sintomas das doenças, fica muito mais fácil socorrer e ajudar.
A Andréa recebeu da Marcia de Santi Moraes.


IMPORTANTE

POR FAVOR PRESTE ATENÇÃO!
Isto é muito importante e pode salvar a vida de uma pessoa !


Isto pode ser útil: Durante um churrasco uma amiga tropeçou e caiu no chão suavemente.
Ela garantiu aos presentes que estava bem (aos que se ofereceram para chamar por socorro) e que havia tropeçado no ladrilho por causa dos seus sapatos novos.

Os seus amigos ajudaram-na a levantar-se e trouxeram-lhe um novo prato de comida, enquanto ela parecia um pouco aturdida, tentando desfrutar da festa durante o resto da tarde.

Mais tarde o marido ligou para os seus amigos informando-os que a sua mulher havia sido levada ao hospital onde veio a falecer. Havia sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral) durante o churrasco.

Se o seu esposo e amigos soubessem como reconhecer um AVC, talvez hoje ela estivesse viva.


Reconhecer um AVC

Um neurologista afirma que se o chamarem dentro das primeiras 3 horas, os efeitos de um AVC podem ser revertidos totalmente. Afirma que é crucial diagnosticá-lo e prestar assistência ao paciente nas três horas subsequentes.

Lembre-se dos '3' Passos. Leia e aprenda!
Atualmente os médicos estabeleceram uma regra para reconhecê-lo mediante
três simples perguntas:

1. Peça que a pessoa SORRIA.

2. Peça que a pessoa LEVANTE AMBOS OS BRAÇOS.

3. Peça que a pessoa PRONUNCIE UMA FRASE SIMPLES (Coerente)
(por exemplo . . . Hoje está um dia ensolarado)

Se ele ou ela apresentar dificuldades numa destas três questões, chame imediatamente o SOCORRO e descreva os sintomas.


Depois de descobrir que um grupo de voluntários que não são médicos podem identificar a debilidade facial, a debilidade motora dos braços e a debilidade na fala, os investigadores apelam ao público em geral para que aprenda estas três perguntas. Uma maior divulgação deste teste pode facilitar um rápido diagnóstico e tratamento do AVC e evitar danos cerebrais.

SEJA AMIGO E COMPARTILHE ESTE ARTIGO COM O MÁXIMO
DE AMIGOS POSSÍVEL, VIDAS PODERÃO SER SALVAS.

Um comentário:

Rose disse...

Bom dia, Adri!
Muito importante essas dicas, já tinha recebido um email com elas e repassei para todos os meus contatos. É realmente muito esclarecedor.
Tenha um lindo domingo e um começo de semana abençoado!
Beijos.